dicas category image z category image

A lenda do Coelho da Lua

8 abril 2019

Olá tripulantes, como vão vocês? Bem-vindos à nossa nova casa aqui na Lua!

Eu serei uma de suas guias turísticas em suas aventuras por aqui e pensei “por que não contar a vocês sobre a origem do nome deste blog?” e ele também tem tudo a ver com as boas vindas, então vamos lá!

Começo dizendo que no folclore oriental, assim como no folclore brasileiro, existem várias versões de lendas para os mesmos personagens.
Uma destas versões inspirou a mangaká Naoko Takeuchi a criar seu trabalho mais famoso, o mangá de “Sailor Moon”, que acredito ser bem conhecido por diversas gerações de pessoas, inclusive por suas passagens na TV brasileira. O nome da protagonista desta história é Tsukino Usagi, cuja tradução literal significa “Coelho da Lua”.

Como amante de coelhos e de Sailor Moon, logo surgiu em minha mente a primeira opção para este blog, criado para alimentar outras de minhas paixões: a leitura e a escrita. Mas, antes de simplesmente nomear o blog, fui atrás da famosa lenda oriental para descobrir se sua história condizia com a mensagem que eu queria passar… e aqui estamos!

Mesmo com versões diferentes, a moral de todas elas acaba sendo a mesma: O mal é punido e o bem recompensado.
E duas delas são bem bonitas e interessantes, vou contá-las a vocês:


Uma delas (a que provavelmente inspirou a autora de Sailor Moon), conta que uma deusa que habitava a Terra acabou fazendo várias coisas erradas, desobedecendo as leis e como castigo/punição foi transformada em coelho e enviada à Lua para o castelo de uma deusa que vivia lá.
Essa deusa acabou por adotar a coelha e deixou a coelha responsável por organizar as estratégias de defesa e proteger o castelo com os seus poderes, prometendo-lhe que assim que ela compensasse seus erros e que os humanos reconhecessem o bem que ela fazia, ela poderia retornar à Terra. E a coelha passava os seus dias observando e admirando a Terra, desejando que as pessoas pudessem vê-la de lá e a perdoassem para que ela pudesse voltar. E, muitas crianças diziam conseguir ver, nas noites de Lua Cheia, um coelho sorrindo na Lua…

A outra (que nos encantou muito), conta que numa floresta estavam reunidos três grandes amigos: a raposa inteligente, o macaco ágil e o pacífico coelho branco. A Lua Cheia reluzia no céu e de lá, o Velho espírito da Lua os observava, pensando qual deles seria o mais virtuoso. E para descobrir, disfarçando-se de mendigo, resolveu testá-los. Se apresentou diante deles e disse-lhes que estava com muita fome… A raposa, ao ver aquele humano mal vestido necessitando de ajuda, se compadeceu e correu ao rio e utilizando a sua inteligência, atraiu vários peixes usando sua cauda como isca e pescou alguns com seus dentes afiados e deu ao senhor para que ele se alimentasse. O macaco também querendo ajudar, usou sua agilidade para escalar diversas árvores e pegar as melhores frutas para alimentar o senhor e matar sua fome. O coelho, sem ter a agilidade do macaco ou a inteligência da raposa, parecia não poder fazer nada pelo mendigo, mas o seu generoso coração não permitiria que aquele senhor fosse embora sem que ele o ajudasse e, então, pediu aos amigos que pegassem galhos e o ajudassem a acender uma fogueira. Quando a fogueira acendeu completamente, ele pulou dentro dela, oferecendo sua própria carne como alimento ao senhor necessitado. Espantados com o acontecido, os seus amigos choraram a sua perda e todos reconheceram que ele, de fato, era o ser mais generoso da floresta.
O velho mal vestido foi envolto por uma áurea prateada, se apresentou como espírito da Lua e disse-lhes que não se preocupassem pois o amigo coelho estava bem, trazendo o espírito do coelho de volta e dizendo “Seu ato foi de muita bondade, provando ser o animal mais generoso da floresta, entretanto não deve fazer mal a si mesmo, ainda que seja pelo bem do próximo”. A raposa perguntou ao Velho o que seria de seu amigo coelho e o Velho respondeu que o levaria até a Lua e que de lá, com toda a sua virtude, ele sempre olharia por seus grandes amigos. E então subiu aos céus, levando o coelho em seus braços. Dizem que até hoje o Coelho da Lua sempre olha por aqueles de corações generosos, enquanto se diverte fazendo bolinhos de arroz para enviar aos seus amigos que ficaram na terra, a raposa e o macaco.

Essas lindas histórias ajudaram a cravar nossa casinha aqui na Lua, para compartilhar nossos dias e gostos com esse Coelho maravilhoso. ♥
Mas, além disso, o motivo final [e principal] para essa escolha ter se firmado é que “existem várias versões para a Lenda do Coelho da Lua, assim como também existem várias versões e opiniões diferentes a respeito de qualquer outra coisa… e estamos aqui para contar a nossa!” 🙂

É isso pessoal, espero que tenham gostado da história que inspirou a existência do nosso amado blog e que estejam com a gente vivendo grandes aventuras e partilhando paixões aqui na Lua!
Grande beijo e até a próxima!

dicas category image

Dica: Trilha sonora de Nasce uma estrela

22 outubro 2018

Oi gente, tudo bem? Tudo bem por aqui também.
Ando lendo pouco porque conheci um vício chamado Bradley Cooper & Lady Gaga. Já ouviram esses dois cantando juntos??? Pois bem, vim falar sobre isso hoje. Da música, e não do filme. 😝

Essa dupla canta junto no filme Nasce uma estrela, lançado semana passada nos cinemas (ainda não vi) e a trilha sonora (inteira!) está disponível no Spotify e Deezer, e foi assim que a conheci e me apaixonei. Abaixo tem a sinopse e o trailer do filme para você conferir.

Sinopse:
Jackson Maine (Bradley Cooper) é um cantor no auge da fama. Um dia, após deixar uma apresentação, ele para em um bar para beber algo. É quando conhece Ally (Lady Gaga), uma insegura cantora que ganha a vida trabalhando em um restaurante.
Jackson se encanta pela mulher e seu talento, decidindo acolhê-la debaixo de suas asas. Ao mesmo tempo em que Ally ascende ao estrelato, Jackson vive uma crise pessoal e profissional devido aos problemas com o álcool.

Que Lady Gaga canta horrores, todo mundo já sabe, mas que Bradley Cooper canta muito foi uma novidade maravilhosa para mim. E apesar de ele ter a voz muito bonita, quando Lady Gaga canta, enfeitiça.
E aí estou viciada em uma música em particular, que diz tanto numa letra tão simples, que vale o post. Dá play!

Look What I Found
One, two, three
I’m alone in my house
I’m out on the town
I’m at the bottom of the bottle
I’m there knockin’ them down
I can’t get back up on my feet
See the lights all on the streetlights stars
But look what I found
Look what I found
Another piece of my heart
Just laying on the ground
Another foggy day
I’m looking for a light
And my only prayer
Is working tonight
I can’t get myself out of bed
Hear these voices in my head like a song
But look what I found
Somebody who loves me
Look what I found
Somebody who carries
Around a piece of my heart
Just laying on the ground
When I met you I was blown to pieces
Heart all over the floor
Ever since you put me back together
I can’t believe it, can’t believe it
Look what you found, yeah, baby
Look what I found
Someone who carries
Around a piece of my heart
Look what I found
Woo, c’mon
Look what I found
Somebody who loves me
Look what we found
Someone who carries
Around a piece of my heart, heart
Just laying on the ground
Veja o Que Eu Encontrei (Fonte: letras.mus.br)
Um, dois, três
Estou sozinha na minha casa
Estou na cidade
Estou no fim da garrafa
Eu estou lá acabando com eles
Eu não consigo me levantar
Ver as luzes nas estrelas das luzes da rua
Mas veja o que eu encontrei
Veja o que eu encontrei
Outro pedaço do meu coração
Simplesmente jogado no chão
Outro dia nublado
Estou procurando por uma luz
E minha única oração
Está funcionando essa noite
Não consigo sair da cama
Ouço essas vozes na minha cabeça como uma música
Mas veja o que eu encontrei
Alguém que me ama
Veja o que eu encontrei
Alguém que carrega
Um pedaço do meu coração
Apenas deitado no chão
Quando te conheci, estava despedaçada
Coração espalhado por todo o chão
Desde que você me reajuntou
Eu não posso acreditar, não posso acreditar
Veja o que você encontrou, sim, querido
Veja o que eu encontrei
Alguém que carrega
Um pedaço do meu coração
Veja o que eu encontrei
Woo, vamos
Veja o que eu encontrei
Alguém que me ama
Veja o que nós encontramos
Alguém que carrega
Um pedaço do meu coração, coração
Apenas deitado no chão

Então é isso. Só queria disseminar coisa boa mesmo!
E aí, já conhece a trilha sonora ou viu o filme? Compartilhe conosco o que achou!

Beijos

Boa música!

dicas category image

O que (ainda) vamos ler em 2018

9 setembro 2018
Oi gente, tudo bem? Tudo bem também.
A época de fazer listas de “coisas para fazer em 2018” já passou faz tempo, mas como nossa lista de leitura cresce e muda a todo momento, pensamos em compartilhar os livros que queremos muito ler ainda esse ano.
Nessa lista, citamos apenas os títulos que estamos mega ansiosas para ler, mas que estão fora dos projetos Quatro por 4 ou LBB. São meio que metas individuais da nossa turminha.
Pode ser que daqui a um mês essa lista esteja diferente, ou que simplesmente não exista mais, mas queremos compartilhar com você aqueles que nos deixarão mais pobres pelo resto do ano. 😛
Além do título, vamos dizer o motivo que os faz estar na nossa lista! Esperamos que goste!

Lista da Flá:
✨ por causa da capa
Egomaníaco, de Vi Keeland
✨ por causa da sinopse
Eu estou aqui, de Valentina Carter
Almas gêmeas, de Nicholas Sparks
✨ por causa da recomendação
Feita de letra e música, de Adrielli de Almeida
Corte de espinhos de rosas, de Sarah J Maas
✨ por causa da publicidade
Nunca olhe para dentro, de Amanda Ágatha Costa
✨ por causa da autoria
All your perfects, de Colleen Hoover
Rock & Pie, de Lilian Galdo

Lista da May:
✨ por causa da capa
A rainha dos sete mares, de Bianca Sousa
Prospecto, de Tatiane Rodrigues
✨ por causa da sinopse
O inferno de Virginia Washington, de Vivianne Sophie
✨ por causa da recomendação
O homem no espelho, de Vivianne Sophie
Procura-se um marido, de Carina Rissi
✨ por causa da publicidade
Treze, de FML Pepper
✨ por causa da série
Máscaras, de FML Pepper
Um amor para Johan, de Amanda Bonatti
A lâmina da assassina, de Sarah J. Maas
Kingdom of Ash, de Sarah J. Maas
✨ por causa da autoria
Entre o amor e o silêncio, de Babi A. Sette
Martyn, o detetive, de Marcelo Felix

Lista da Carla:
✨ por causa da capa
Caçadora de estrelas, de Raiza Varella
✨ por causa da sinopse
A forma da água, de Guilhermo Del Toro e Sally Hawkins
✨ por causa da recomendação
O lado feio do amor, de Colleen Hoover
✨ por causa da série
O efeito Rosie, de Graeme Simsion
Herdeira de fogo, de Sarah J. Maas
✨ por causa da autoria
Tartarugas até lá embaixo, de John Green
O adulto, de Gillian Flynn
✨ por causa da publicidade
50 tons de liberdade, de E.L. James

Lista da Ana:
✨ por causa da capa
Dois a Dois, de Nicholas Sparks
✨ por causa da sinopse
O Vendedor de Sonhos, de Augusto Cury
✨ por causa da recomendação
Porcelana, de Géssica Marques
A Garota no Trem, de Paula Hawkins
✨ por causa da série
As Crônicas de Nárnia, de Clive Staples Lewis
✨ por causa da autoria
Uma Carta de Amor, de Nicholas Sparks

E a sua lista, que tamanho ela tem? Compartilhe conosco!

Beijos e boa leitura!