Arquivo de julho de 2017
dicas category image

Paixonite do momento: Malibu

27 julho 2017

Oi gente, tudo bem? Por aqui tudo bem também!
Hoje não vou falar de livros, vou falar de um outro interesse que me infuencia muito. Como nos livros, gosto de músicas apaixonantes, que falem de amor e ou da dor do amor (rs).
E nas minhas pesquisas dessa semana por músicas novas na internet, eis que me deparo com um novo clipe da Miley Cyrus, da música Malibu, e genteeeeee! Que música linda!!!

Depois da mudada de estilo de Miley Cyrus e sua volta com o Liam Hemsworth, voltei a gostar da cantora e essa música em particular, me fez gostar mais ainda.
A música fala sobre um novo começo e sobre as coisas importantes de um relacionamento. Pelas leituras que fiz em alguns sites especializados, essa música foi escrita inspirada em seu relacionamento com Liam Hemsworth, e isso não poderia ser mais lindo!
A letra é linda, o lugar é lindo, a produção do clipe é linda, o amor é lindo!
Vamos conferir essa lindeza?!

Malibu
I never came to the beach
Or stood by the ocean
I never sat by the shore
Under the sun with my feet in the sand
But you brought me here and I’m happy that you did
‘Cause now I’m as free as birds catching the wind
I always thought I would sink, so I never swam
I never went boatin’, don’t get how they are floatin’
And sometimes I get so scared of what I can’t understand
But here I am, next to you
The sky’s more blue in Malibu
Next to you in Malibu
Next to you
We watched the sun go down as we were walking
I’d spent the rest of my life standing here talking
You would explain the current, as I try to smile
Hoping I just stay the same
And nothing will change
And it’ll be us, just for a while
Do we even exist?
That’s when I make the wish
To swim away with the fish
Is it supposed to be this hot all summer long?
I never would’ve believed you
If three years ago you told me
I’d be here writing this song
But here I am, next to you
The sky’s more blue in Malibu
Next to you in Malibu
Next to you
Next to you
The sky’s so blue in Malibu
Next to you
We are just like the waves that flow back and forth
Sometimes I feel like I’m drowning
And you’re there to save me
And I wanna thank you with all of my heart
It’s a brand new start
A dream come true in Malibu
Malibu (Tradução)
Eu nunca vim à praia
Ou fiquei no oceano
Eu nunca sentei pela costa
Sob o sol com os pés na areia
Mas você me trouxe aqui e eu estou feliz por isso
Agora sou tão livre quanto os pássaros que travam o vento
Sempre pensei que eu fosse afundar, por isso nunca nadei
Nunca andei de barco, não entendo como eles flutuam
Às vezes fico assustada com o que eu não consigo entender
Mas aqui estou eu ao seu lado
O céu é mais azul em Malibu
Ao seu lado em Malibu
Ao seu lado
Vimos o pôr-do-sol enquanto estávamos andando
Eu passaria o resto da minha vida aqui falando
Você explicaria a proposta, enquanto eu tento sorrir
Esperando que eu apenas continue a mesma
E que nada mude
E vai ser só nós dois, apenas por um tempo
Será que nós existimos mesmo?
É aí que eu faço o meu pedido
Para nadar bem longe com o peixe
Devia fazer calor tão forte durante todo o verão?
Eu nunca teria acreditado em você
Se há três anos você me dissesse
Que eu estaria aqui escrevendo esta canção
Mas aqui estou eu ao seu lado
O céu é mais azul em Malibu
Ao seu lado em Malibu
Ao seu lado
Ao seu lado
O céu é mais azul em Malibu
Ao seu lado
Somos como as ondas que vêm e vão
Às vezes, sinto como se eu estivesse afogando
E você está aqui para me salvar
E eu quero te agradecer com todo o meu coração
É um novo começo
Um sonho se tornou realidade em Malibu


Espero que tenham gostado! E vocês sabiam que a Miley tem uma irmã mais nova (Noah Cyrus) que também canta? Eu não sabia e também adorei essa garota!

Beijos

literatura category image resenhas category image

Resenha: Sonho de uma noite de verão

25 julho 2017
Título: Sonho de uma noite de verão
Autor: William Shakespeare
Sinopse: 
Para compor essa comédia, Shakespeare usou alguns elementos da mitologia grega. O herói grego Teseu prepare-se para casar-se com Hipólita, a rainha das amazonas. Egeu, um velho ateniense que prometera sua filha Hérmia em casamento ao jovem Demétrio, pede intercessão de Teseu para convencer a filha, que ama Lisandro, a cumprir a promessa do pai. 
Hérmia e Lisandro fogem para o bosque; sua amiga Helena e Demétrio também vão para lá. O bosque é frequentado, à noite, pelo rei dos elfos e pela rainha das fadas, que usam poções mágicas para encantar, confundir ou aproximar casais apaixonados, causando bastante confusão.
Oi gente, tudo bem com vocês? Por aqui estamos tentando não flopar na Maratona Literária de Inverno, rsrs. 
E estou aqui para trazer para vocês a resenha do primeiro livro que eu li nela, uma obra do grande Shakespeare. 
Eu não sei vocês, mas quando eu pego um livro de Shakespeare na mão, eu espero encontrar uma grande carga emocional vinda da trama, uma história de narrativa envolvente e complexa, dotadas e de vida e cheias de impacto… que basicamente é o que encontramos em Hamlet e em várias outras de suas obras. Mas, não é o caso de Sonho de uma noite de verão. 
Este livro tem uma história leve, engraçada e bem fantasiosa. O intuito dela é ser um sonho e por isso a própria narrativa e trama tratam o todo como um.

Há quem diga que todas as noites são de sonhos. Mas há também quem garanta que nem todas, só as de verão. No fundo, isto não tem muita importância. O que interessa mesmo não é a noite em si, são os sonhos. Sonhos que o homem sonha sempre, em todos os lugares, em todas as épocas do ano, dormindo ou acordado. E, entre todos eles, talvez nenhum tenha ficado tão famoso quanto este, o Sonho de uma noite de verão.

A história se passa em Atenas e desenvolve tendo o casamento de Teseu com Hipólita como plano de fundo central, se ramificando ao explorar várias personagens com seus dilemas pessoais.

Oberon é o rei dos elfos e é casado com Titânia, a rainha das fadas. Juntos eles são responsáveis por manter o equilíbrio da natureza, mas atualmente brigados por desejarem a tutela de um mesmo pajem, estão causando grandes confusões no ecossistema e sempre que se encontram no bosque brigam ainda mais. Oberon estava determinado a conseguir o pajem, nem que para isso precisasse sacanear sua esposa com o uso de magia.

Em Atenas, após um apelo de Egeu para que Teseu faça valer a lei que tiraria a vida de Hérmia caso ela não concorde em se casar com Demétrio, a quem foi prometida pelo pai, a jovem resolve se encontrar no bosque e fugir com seu verdadeiro amor para poderem se casar e serem felizes num lugar em que as leis de Atenas e de Teseu não tenham valor. Ao desabafar com sua amiga Helena, esta a trai e conta para Demétrio os planos de fuga do casal. Demétrio sai furioso pelo bosque atrás de sua noiva e Helena o segue, mendigando seu amor e atenção, pedindo que deixasse Hérmia para lá e ficasse com ela.
Já no bosque, os quatro jovens passam por situações bem doidas peculiares causadas por engano por um elfo chamado Puck, que estava tentando auxiliar e cumprir as ordens de seu rei.

Enquanto isso, no mesmo bosque, um grupo de artesãos atenienses se reúne para ensaiar uma apresentação de teatro que gostariam de fazer para Teseu, como presente de casamento. Puck acaba topando com eles enquanto retornava ao lado de seu rei e resolve pregar-lhes uma peça, que acaba repercutindo em Titânia, e auxiliando indiretamente no plano malvado de Oberon.

Como ambos os grupos de atenienses irão lidar com a noite no bosque em meio as travessuras feitas pelos seres míticos? E como resolverão todos os seus problemas e terem sucesso naquilo que mais desejam?
Descubra! rsrs.

Analisando as personagens, certamente a que mais me irritou foi Helena, porque é uma garota descrita como muito bela, porém sem um pingo de amor próprio… a narrativa dela é extremamente sufocante – no mau sentido.
E o que mais me cativou foi Teseu, apesar de ele não ter tanto destaque na história, porque é um personagem centrado que respeita a lei de seus ancestrais mas ao mesmo tempo tem um bom coração e humilde. Além dele, Hérmia também me conquistou por ser uma garota determinada que tenta fazer o que quer e não o que lhe é imposto.

A versão que eu li (a da capa do post) é escrita em forma de narrativa e não de roteiro, como na maioria das versões impressas. Eu gosto mais assim, pois acredito que peças foram feitas para serem assistidas/encenadas e não lidas.

Apesar de ser bem diferente das mais clássicas obras de Shakespeare, como Hamlet e Romeu e Julieta, esta obra tem traços melancólicos e bem característicos de sua escrita renascentista. Explorando o ser humano e seus desejos em meio ao mundo ainda arcaico.
No todo, a história é engraçadinha e divertida, mas as trapalhadas de Puck ao mesmo tempo que divertem também incomodam. Senti falta de um grande e bom clímax na trama – tanto que o que eu considerei mais emocionante foi a peça de teatro encenada pelos artesãos -, mas ela não deixa de ser gostosa de acompanhar justamente por causa de sua leveza. E como é curtinha, pode ser lida em uma tarde tranquilamente, com o bônus de te arrancar alguns sorrisos e divertir um pouco seu dia com seu toque sonhador e mágico.

Nota:

E vocês, o que acharam? Já conhecem a obra ou o autor?
Se vocês não conhecem nada de Shakespeare, parem tudo o que estão fazendo e vão ler algo dele… sério! Certamente não irá se arrepender, além de enriquecer seu acervo cultural. 🙂

Não deixem de comentar com a gente suas impressões!

E nós seguimos firmes e fortes na #MLI2017. Uhul!
Beijo e boa leitura!

acoes-especiais category image novidades category image

Feliz Aniversário!!! #CoelhodaLuafaz2

14 julho 2017
Oi gente, tudo bem? Por aqui, em ritmo de festa! Por quê?
Eis que o Coelho da Lua faz 2 anos!!! Uhuuu!

Foram dois anos de muita leitura, novas amizades, descoberta de novos gêneros literários e muito aprendizado! E estamos aqui hoje para agradecer a todos que nos seguem, aos escritores parceiros, aos blogs parceiros e às meninas lindas que nos acompanham no Projeto Quatro por 4. Sem vocês, nunca teríamos saído do papel.
Agradecemos também às pessoas que nos trouxeram ideias ótimas e que por algum motivo não estão mais com a gente todo dia, e às pessoas que entraram nesse sonho com o bonde andando!

E nesse aniversário, vocês é que escolhem o que vamos ler e resenhar!
Funciona assim:
  • Até o dia 31/07 estará disponível a enquete com as opções de leitura dentro do que cada uma de nós gosta de ler, a enquete está disponível para votação aqui no menu lateral do blog; 
  • No dia 01/08 divulgamos o livro mais votado;
  • No dia 15/08 postamos a resenha de cada uma de nós.

#FicaVaiTerBolo

Na verdade, não teremos bolo (infelizmente haha). MAS, é claro que tem presente! Todos que participarem da votação, também participarão do sorteio do livro e divulgaremos o ganhador no dia 15/08 também.
O livro-pressente é a obra da nossa parceira Géssica Marques: Porcelana – Rubrum Luna, lançado este ano pela editora Young. E sabe o mais legal disso tudo? O livro está autografado por ela e acompanha 3 marcadores da obra!
Vamos participar?!
Preencha nosso formulário para participar!
A enquete está disponível na nossa home (no menu lateral do blog) e o formulário de participação está aqui.
Curta e siga nossa página no Facebook e siga-nos aqui no Blogger! – Seguindo as nossas redes você ganha uma chance bônus no sorteio! 🙂

Beijos e até o resultado!